SAIBA COMO INGRESSAR NO CADÚNICO EM GOIANA PARA RECEBER O AUXILIO BRASIL

Home/SAIBA COMO INGRESSAR NO CADÚNICO EM GOIANA PARA RECEBER O AUXILIO BRASIL

SAIBA COMO INGRESSAR NO CADÚNICO EM GOIANA PARA RECEBER O AUXILIO BRASIL

O Bolsa-Família deixou de existir e agora temos o Auxílio Brasil, um novo programa social do Governo Federal que integra os benefícios de assistência social, saúde, educação e emprego.

Se você faz parte de família em situação de pobreza ou de extrema pobreza e ainda não é cadastrado no CadÚnico, procure um de nossos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) ou o Núcleo Nassau, em Tejucupapo ou ainda o nosso posto de atendimento do cadastro único de Ponta de Pedras, no horário das 8h às 16h, de segunda a sexta.

O cadastro é feito presencialmente. Você será avaliado por entrevista para verificar se realmente tem os pré-requisitos necessários para fazer parte do programa e receber o benefício.

Quem já é inscrito no CadÚnico e está recadastrado em menos de dois anos, não precisa comparecer ao CRAS ou em nosso posto de atendimento. A migração para esse pessoal é automática e a partir do dia 17 de novembro já começa a receber o benefício com a nova nomenclatura de Auxílio Brasil. O pagamento, entretanto, com o novo valor, ainda não anunciado pelo governo federal, está previsto para começar em dezembro. As pessoas que vão ter nova concessão, a liberação do pagamento do Auxílio Brasil será somente a partir do próximo mês, também já com o novo valor.

 

Documentação Necessária

A pessoa que fará o cadastramento da família deve ter pelo menos 16 anos, ter CPF ou título de eleitor e ser, preferencialmente, mulher. Essa pessoa, para o CadÚnico, é chamada de responsável familiar.

É necessário ainda que ela apresente pelo menos um dos documentos abaixo referente a cada pessoa da família:

 

– certidão de nascimento;

– certidão de casamento;

– CPF;

– carteira de identidade (RG);

– carteira de trabalho;

– título de eleitor;

– comprovante de residência;

– registro administrativo de nascimento indígena (RANI) – somente se a pessoa for indígena.

 

Os responsáveis por famílias indígenas ou quilombolas não precisam apresentar CPF ou título de eleitor caso não tenham, mas devem levar outro documento de identificação, entre os listados acima.

Pessoas sem documentação ou sem registro civil podem se inscrever no CadÚnico, mas não poderão ter acesso a programas sociais até que possuam a documentação necessária.

 

Serviços

CRAS I – rua São Paulo, 16, Vila Mutirão

CRAS II – rua do Meio, 285, Centro

Posto de Atendimento (CadÚnico):

Sede – rua Marechal Deodoro da Fonseca (ao lado da SESTRAN)

Tejucupapo (Núcleo Nassau) – rua Nova Divisão, 457

Ponta de Pedras – rua do Cemitério, 155.

 

novembro 9, 2021|